A caminhada diária é excelente exercício para conquistar o corpo em forma, e para melhora da saúde e retardo do envelhecimento, um exercício muito recomendado.

Mas, o novo estudo da Universidade de Illinois, Estados Unidos, aponta que tal efeito antienvelhecimento da atividade pode ser possível ainda com relação ao cérebro, havendo aumento dos seus circuitos e redução de riscos das complicações de atenção e memória.

 

Ciência Explica Benefícios da Caminhada

Em pesquisa, com publicação na edição da revista Frontiers in Aging Neuroscience, especialistas fizeram acompanhamento durante um ano, de 70 adultos de idades entre 60 e 80 anos.

Foi notado que os que realizavam caminhadas de forma regular apresentaram vários benefícios, em comparação com os sedentários, não somente de forma física, porém em relação à função cerebral.

O grupo aeróbico teve melhorias na memória, em vários processos cognitivos, atenção. Segundo os pesquisadores, conforme os idosos no grupo da caminhada se tornavam mais em forma, a atividade do cérebro, a conexão das “redes”, fica maior de modo similar a um indivíduo de 20 anos.

Ao envelhecer, os padrões de conectividade reduzem e as “redes” não permanecem bem conectadas para apoio de determinadas atividades, sendo exemplo, dirigir. Mas, com auxílio do condicionamento aeróbico, tais “redes” se transformam em mais coerentes.

Ao caminhar, os estímulos visuais, auditivos, sinais provenientes de articulações e músculos, com relação ao nível de força, por exemplo, são integrados. Trata-se do conhecido conceito, “ao não usar, se perde”. Para que algo seja saudável, é necessário fazer de forma repetida, e a caminhada é exercício de repetição.

Mas, de acordo com os autores, os resultados não ocorrem do dia para a noite. Os efeitos no cérebro apenas iniciaram a ser notados em grupo de idosos que realizavam caminhadas depois de 12 meses de execução.

 

Razões para Caminhar

A caminhada tem gasto médio de 200 a 300 kcal/hora, e em subida, o gasto calórico pode elevar para até 450 kcal/hora. Esta atividade ajuda na prevenção de varizes e no controle do colesterol, com aumento do HDL, bom colesterol, e redução do LDL, mau colesterol.

Através da caminhada há melhora da circulação sanguínea, e melhora da atividade do sistema imunológico. Este exercício é responsável por tonificar a musculatura de glúteos, coxas e pernas, e ainda aliviar os sintomas da TPM.

Há aumento da liberação das endorfinas, auxiliando a combater o estresse, depressão e ansiedade. E o metabolismo de repouso é aumentado, com gasto calórico diário então maior. E a capacidade de pulmões absorverem oxigênio também é aumentada.

 

Fonte: Você Fitness

Conecte-se





Conheça-nos melhor!

A Rotech Fitness é a melhor opção para equipamentos fitness.



Youtube